Sucessos da Arqueiro em edições econômicas

Foto: Publishnews

A Arqueiro está investindo em edições mais acessíveis de seus títulos mais vendidos e acaba de lançar a coleção Pop Chic. Para a estreia foram escolhidos os best-sellers “Origem”, de Dan Brown; “O Melhor de Mim”, de Nicholas Sparks; “Segredos de uma Noite de Verão”, de Lisa Kleypas; “O Príncipe dos Canalhas”, de Loreta Chase e “Dossiê Pelicano”, de John Grishmam. Segundo a editora, o plano é lançar mais de 60 títulos pela coleção nos próximos dois anos.

Os dez mais

Sol da meia-noite: (Midnight Sun) - Série Crepúsculo: 1 | Amazon.com.br

Os dez livros mais vendidos no país na última semana de agosto, conforme pesquisa do site PublishNews. A amostra é resultado da soma simples das vendas das livrarias consultadas.  

“Sol da Meia-Noite”, Stephanie Meyer – Intrínseca

“Mais Esperto que o Diabo”, Napoleon Hill – Citadel

“Decida Vencer”, Eduardo Volpato – Gente

“As Muralhas vão Cair”, Padre Reginaldo Manzotti – Petra

“O Milagre da Manhã”, Hal Elrod – BestSeller

“21 Lições para o Século 21”, Yuval Noah Harari – Companhia das Letras

“A Sutil Arte de Ligar o Foda-se”, Mark Manson – Intrínseca

“Mulheres que Correm com os Lobos”, Clarissa Pinkola Estes – Rocco

“Box Harry Potter”, J. K. Rowling – Rocco

“Do Mil ao Milhão”, Thiago Nigro – HarperCollins

Manual antirracista lidera vendas no país

Desde 25 de maio, quando um ex-segurança negro foi morto por um policial branco em Minneapolis, nos EUA, uma onda de protestos foi deflagrada em escala global e o tema racismo dominou os debates. Nesse cenário, livros sobre o assunto ganharam destaque no mercado editorial e um deles em especial, “Pequeno Manual Antirracista”, da filósofa e ativista Djamila Ribeiro, vem se destacando. Segundo o site Publishnews, nas últimas semanas o livro vem numa franca escalada de vendas no país. Já é o primeiro lugar no ranking de não-ficção e quinto lugar em vendas gerais. Segundo a editora Companhia das Letras, “Pequeno Manual…” reúne 11 capítulos curtos e contundentes onde a autora apresenta caminhos de reflexão para aqueles que queiram aprofundar sua percepção sobre discriminações racistas estruturais e assumir a responsabilidade pela transformação do estado das coisas.

Distopias e fantasia na lista dos mais vendidos

Abaixo, os 10 livros de ficção mais vendidos na última semana de maio, conforme pesquisa do site Publisnews com algumas das maiores livrarias e redes varejistas do país.

“1984”, George Orwell

“A Revolução dos Bichos”, George Orwell

“O Fim em Doses Homeopáticas”, Igor Pires

“Box – O Senhor dos Anéis”, J. R. R. Tolkien

“O Hobbit”, J. R. R. Tolkien

“A Garota do Lago”, Charlie Donlea

“O Conto da Aia”, Margaret Atwood

“O Homem de Giz”, C. J. Tudor

“Textos Cruéis Demais para Serem Lidos Rapidamente”, Igor Pires da Silva e Gabriela Barreira

“Os Olhos da Escuridão”, Dean Koontz

Os mais vendidos, segundo a Publishnews

Abaixo o top-five das vendas em Ficção e Não-Ficção conforme pesquisa do site Publishnews, no período de 27 de abril a 3 de maio. O ranking é uma amostra dos livros mais vendidos e é estabelecido a partir da soma simples das vendas de todas as livrarias consultadas.

Ficção

“Box Jane Austen” – Martin Claret

“Box O Essencial de Sherlock Holmes” – Aeroplano Editora

“Box Nórdicos” – Pandorga

“Drácula”, Bram Stoker – Pandorga

“A Garota do Lago”, Charlie Donlea – Faro Editorial

Não-ficção

“Box O Essencial da Psicologia”, Carl Jung / Sigmund Freud – Aeroplano Editora

“Sapiens”, Yuval Noah Hararia – L&PM Pockets

“Viver, a Que se Destina?”, Mario Sergio Cortella e Leandro Karnal

“A Felicidade é Inútil”, Clovis de Barros Filho – Citadel

“Além da Prevenção”, Edmond Saab Jr. – Citadel