O adeus a Quino

Todas as homenagens a Joaquín Salvador Lavado, o Quino, chargista e artista gráfico argentino que faleceu ontem em Mendoza, aos 88 anos. Quino foi o criador, entre tantos outros personagens inesquecíveis, da Mafalda, a inconformada menina de classe média, fã de Beatles e de panquecas, que completou 56 anos no dia 29 passado. Acima o obituário produzido em vídeo pelo jornal El País.

A comédia de Wilde

A vida vertiginosa de Oscar Wilde – de sua condenação a dois anos de trabalho forçado, em 1895, por sodomia e corrupção da juventude, ao sucesso de uma criação literária que em cerca de oito anos produziu clássicos em contos, peças e em seu único romance, “O Retrato de Dorian Gray” – é contada de forma gráfica em “La Divina Comedia de Oscar Wilde”, do ilustrador espanhol Javier de Isusi. Segundo matéria recente do El País, a obra é um trabalho de mais de 300 páginas ao qual o autor dedicou cinco anos, entre tarefas de pesquisa, roteiro e desenho.

À venda na Amazon, em edição de capa dura, por R$ 820.

A Revolução em HQ

A nova edição de “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell (1903-1950), récem-lançada pela Companhia das Letras em versão em quadrinhos, é destaque do Eu&Fim de Semana, do Valor. Segundo o artigo, assinado por Cadão Volpato, a obra de 1945 tem pouquíssimas versões em HQ e envolveu um trabalho de oito meses do desenhista gaúcho Odyr. “As ilustrações são robustas, adultas, feitas à tinta, e parecem cair como uma luva na atmosfera opressiva do livro”.

Dupla homenagem a Ziraldo

Ziraldo Jovem.jpg
Ziraldo na década de 60. Foto/Casa Ziraldo de Cultura

Duas exposições, em São Paulo, celebram a obra do mais popular cartunista do país. “Ziraldo…de A a Zi” foi aberta essa semana no Sesc Interlagos e prossegue até agosto do ano que vem. São cinco espaços temáticos abordando sete décadas de produção. Dos primeiros desenhos até os mais recentes. Na Casa Melhoramentos fica em exposição, de amanhã, 18/10, até 22 de dezembro “Os Planetas Ziraldo”. Ambas têm entrada gratuita.